Qual a Diferença Psicólogo e Psiquiatra – Bacellart Terapia Psi USP

Qual a Diferença Psicólogo e Psiquiatra:

     Este artigo tem o objetivo de esclarecer dúvidas de atuação profissional e esclarecer: Qual a Diferença Psicólogo e Psiquiatra:

     A intenção não é me aprofundar no tema, pois são esclarecimentos básicos.

Médico e terapeuta da personalidade:

1º: Para ser psicólogo, é preciso cursar psicologia por 5 anos. Para ser psicólogo clínico, é recomendável o profissional ter feito psicoterapia, supervisão e pós-graduação;

2º: Para ser psicanalista, basta ser um psicólogo que segue algum dos psicanalistas de renome como: Freud, Lacan, Klein, entre outros. Mas também a pessoa pode ter feito um curso de pós graduação de psicanálise, ou feito um curso de psicanálise. Por vezes, ouço que psicanalista é frio e não fala, isso não é totalmente verdade dessa visão de trabalho, pode ser do profissional, mesmo assim, pode acontecer de a pessoa querer bater papo prolongado com um profissional amigão, sendo por isso sua decepção. O psicanalista ou o analisando (paciente), podem se referir ao trabalho como “análise”, até mesmo como “terapia”;

© Copyright – Bacellart Psicólogo USP – O ensaio aqui publicado pode ser reproduzido, no todo ou em parte, desde que citados o autor e a fonte. 

3º: Quem faz psicoterapia, muito conhecida e abreviado para “terapia” é o psicólogo, independente da orientação teórica que escolheu.

 Psiquiatra é o médico especializado em problemas do cérebro, é quem medica quando há um forte desequilíbrio no funcionamento cerebral, ministrando remédios que ajudam no comportamento do indivíduo.

5º: Há também profissionais que, como eu, utilizam mais de um referencial teórico, dependendo da situação ou do analisando (paciente).

Qual a Diferença Psicólogo e Psiquiatra – Terapia:

    No meu caso, por exemplo, quando a pessoa está frágil, com depressão, ela precisa mais de “terapia”, do que análises profundas.

    Uma pessoa que não deseja desenvolver-se tanto psicologicamente e só quer uma terapia brevíssima para ter direcionamento de algo, podemos orientar no estilo de uma terapia comportamental, tcc.

    Uma pessoa que quer desenvolver-se no autoconhecimento, fortalecimento e amadurecimento e não esteja em momento emocional difícil, podemos trabalhar mais profundamente, sem correria, por meio da ‘Psicanálise de Winnicott’, e da fenomenologia-existencial.

    O mais importante não é se o profissional que lhe atende é “psicólogo”, “psicanalista” ou “terapeuta”, mas sim o quanto você sente-se à vontade com ele; o que lhe diz faz sentido e a confiança que passa.

    Cuidado com rixas preconceituosas entre atuação de profissionais e sua visão de mundo, um bom profissional sempre trará algo de importante para você.

Boa sorte!

Artigo Complementar: Como escolher Psicólogo

Bacellart Psicólogo

Abordagem: psicoterapia fenomenologia existencial (Heidegger) e simpatia pela Psicanálise do amadurecimento de Winnicott. Se necessário, orientação comportamental de terapia breve.

Aluno convidado, doutorado USP (Gilberto Safra) e PUC (Zeljko Loparic).

Qual a Diferença Psicólogo e Psiquiatra.

Consultório Av. Paulista, Jardins, Cerqueira César, Bela Vista, Jardim Paulista. Metrô Consolação ou Masp/Trianon.

Possibilidade de entrevista para TV, rádio, revista e jornal.

Qual a Diferença Psicólogo e Psiquiatra

 

Please rate this


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *