Casado com Amante – Dúvida de divórcio – Bacellart Psicólogo USP

Casado com Amante – Dúvida de divórcio  

 Dificuldade em tomar decisão:

     Casada ou casado com amante – dúvida de divórcio: vou ser bem prático. Levando em conta essas décadas de atendimento clínico: Parece que nesse caso, como em outros em nossa vida, queremos ao máximo não abrir mão de algo que nos faz bem, mesmo que uma possível consequência negativa se aproxime. É algo semelhante ao cigarro, quem fuma se beneficia dos efeitos calmantes; sabe dos diversos males causados a longo prazo, mas raramente cogita deixá-lo. Quando se está em ponto de envolvimento afetivo com a(o) amante e, é uma situação que não é tão difícil de levar, mesmo que atrapalhe o casamento.

     Como no cigarro, a pessoa sabe que é uma situação complicada, trabalhosa, arriscada; mas que devido aos ganhos, vai mantendo. è muito difícil abrir mão de algo prazeroso (amante); ou do porto seguro da(o) esposa/marido, mas “infelizmente”, é uma decisão que é importante tomar; visto que a convivência de três  na relação deve estar gerando incômodos aos três. Por favor, ao menos pense com carinho sobre o tema.

© Copyright – Bacellart Psicólogo USP – O ensaio aqui publicado pode ser reproduzido, no todo ou em parte, desde que citados o autor e a fonte.

     Em cem por cento dos analisandos que atendi nessa situação, nenhum estava tranquilo e satisfeito com a situação de ter/ser mante, talvez, exceto, aqueles que tiveram uma relação casual que terminou; mas mesmo assim é um segredo que a pessoa precisará guardar para sempre.

     De modo geral, quem se diz em dúvida sobre a continuidade de ser/ter amante, não se esforça muito pela definição, afinal, verdadeiramente não quer perder aquele “bom complemento” ao seu casamento; assim como geralmente não quer se divorciar/separar por confiar na esposa/marido, filhos e bens materiais; e… pasmém! dizem não acreditar completamente na(o) amante para algo sério e duradouro, pois se aceitou ter um caso ou ser amante, não se pode confiar que traiam futuramente.

     É preciso muita força para encarar uma separação. Isso pode ser facilitado para uma relação/casamento que já estava negativamente comprometido; mas, como muito ocorre, para relações no mínimo medianas de qualidade, é muito provável que a pessoa não se separe, sobretudo tendo filho pequeno.

Casada ou Casado com Amante:

Por quanto tempo essa situação que se arrasta e poderá se repetir com outra pessoa. O tempo passa rápido…

     Minha proposta é, como no cigarro, se conscientize seriamente na situação que você se encontra, as consequências a longo prazo, a grande probabilidade de continuar como está, os prejuízos emocionais que corre risco (depressão, vazio, etc); ter claro para si o que realmente o liga ao cônjuge e a(ao) amante; para que assim, com a situação o mais clara possível, poder ter uma decisão mais madura.

 

Artigo Relacionado: Ter Ser AmanteDivórcioRelação Saudável

 

Bacellart Psicólogo

Abordagem: Fenomenologia existencial *Heidegger) e simpatia pela Psicanálise do amadurecimento de Winnicott. Se necessário, orientação comportamental de terapia breve.

Aluno convidado, doutorado USP (Gilberto Safra) e PUC (Zeljko Loparic).

Especialista em depressão, casamento e namoro.

Consultório Av. Paulista 2001 CJ 1701, próximo Rua Augusta/Metrô Consolação.

Possibilidade de entrevista para TV, rádio, revista e jornal. Casado com Amante Dúvida divórcio


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *