Atendimento com Psicólogo Voluntário Gratuito – Terapia

Atendimento com Psicólogo Voluntário

O meu projeto Social, Arvorecendo.org oferece Atendimento com psicólogo voluntário, para pacientes de poucos recursos financeiros. Contudo, o ideal é fazer valor simbólico; ou seja, um valor justo que o analisando possa arcar; por exemplo o mesmo de um cinema.

Cito importante artigo do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo:

    Atendimento com Psicólogo Voluntário: É prática antiga em nossa profissão a oferta de serviços voluntários a instituições, principalmente as de natureza filantrópica. Psicólogos recém-formados muitas vezes colocam-se à disposição do voluntariado com objetivo diversos; como adquirir experiência, abrir espaço para um futuro posto de trabalho ou simplesmente desenvolver uma atividade baseada em ideologias religiosas e/ou políticas. Alguns deles consultam o Conselho para saber se podem fazer publicidade oferecendo atendimento gratuito; fazendo posteriormente encaminhamentos para clínica/consultório próprio ou para outras instituições.

    A variedade de situações verificadas mostra que o voluntariado não é uma questão simples e pode se desdobrar em inúmeras outras que merecem diferentes respostas. Não cabe ao Conselho, em princípio, proibir o psicólogo de oferecer serviços gratuitamente; mas sim zelar para que esses serviços sejam de qualidade e atendam aos princípios éticos da profissão. Em função disso, o psicólogo, mesmo voluntário, deve estar registado no CRP SP (e também a instituição a que preste assistência na área psicológica).

     Esta exigência não é apenas burocrática, mas aponta para a necessidade de reforçarmos o compromisso profissional e combater a mentalidade de que de graça pode-se fazer qualquer coisa, de qualquer jeito? Além disso, há de se ter todo cuidado para não se estabelecer com a clientela um vínculo de gratidão e submissão que não favorece a saúde mental; particularmente nos aspectos psicossociais, e menos ainda de fazer do serviço prestado um veículo de doutrinação; seja ela qual for, o que caracterizaria infração ética (Artigo 2º, alínea e do Código de Ética).

Atendimento com Psicólogo Voluntário Gratuito

    Problema maior se coloca quando se tratam de psicólogos formados trabalhando como voluntários na rede pública. Poderíamos entender que estes estariam amparados pela Lei do Voluntariado (No 9.608, de 18/2/98), que define o serviço voluntário como ?atividade não remunerada, prestada por pessoa física a entidade pública de qualquer natureza ou instituição privada de fins não lucrativos; que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência social …? É uma lei que regulamenta uma atividade cada vez mais presente em nossa sociedade e amplamente discutida por este jornal em sua última edição, referente ao chamado terceiro setor e as polêmicas que suscita.

    Um psicólogo voluntário se desobrigaria de qualquer vínculo trabalhista com a instituição em que presta serviço; tendo por isso plena liberdade de ação no que diz respeito a horários, férias etc. Esse tipo de relação, contudo, pode também impedir a existência de uma atividade planejada e integrada com os outros profissionais, prejudicando a qualidade da assistência prestada. Além disso, o voluntário está prestando serviços no lugar de um profissional regularmente contratado para sua função; desobrigando o Estado de cumprir com seu dever.

Atendimento com Psicólogo Voluntário Gratuito

     Por isso mesmo, a posição do Conselho neste caso é de que o trabalho do psicólogo voluntário deve ser parte de um projeto maior; oferecido e aceito pela instância responsável pelo equipamento e/ou instituição. Reproduzindo o que diz a legislação citada, deve haver um contrato ou termo de adesão entre a entidade pública ou privada e o prestador de serviço voluntário, nele constando o objetivo e as condições para o exercício da atividade.

    As ofertas de serviços gratuitos em clínicas privadas ou consultórios, divulgadas em publicidade, ficam muito próximas das promoções que existem para o consumo em geral (ganhe um cartão de crédito e não pague a primeira anuidade, compre três produtos e leve um de graça etc.). Sem esquecer que no exercício das profissões liberais existe o mercado e a competição, preferimos considerar que é a qualidade de nossos serviços e o preço justo cobrado que nos garantirá clientela. Muitos “jeitinhos” criativos, aparentemente bem intencionados, não condizem com a natureza de nossas atividades.

Atendimento com Psicólogo Voluntário Gratuito: De graça não quer dizer de qualquer jeito

[av_hr class=’custom’ height=’50’ shadow=’no-shadow’ position=’left’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’80%’ custom_border_color=’#c6c6c6′ custom_margin_top=’20px’ custom_margin_bottom=’5px’ icon_select=’no’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ font=’entypo-fontello’]

Bacellart Psicólogo

Abordagem: psicoterapia fenomenologia existencial e simpatia pela Psicanálise do amadurecimento de Winnicott. Se necessário, orientação comportamental de terapia breve.

Aluno convidado, doutorado USP (Gilberto Safra) e PUC (Zeljko Loparic).

Especialista em depressão, casamento e namoro.

Consultório Av. Paulista, Jardins, Cerqueira César, Bela Vista, Jardim Paulista. Metrô Consolação ou Masp/Trianon.

Possibilidade de entrevista para TV, rádio, revista e jornal.

 Atendimento com Psicólogo Voluntário


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *